Páginas

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Eu sempre te amarei,

SEMPRE TE AMAREI


Sinopse:
O que você faria com sua melhor amiga se ela tivesse pouco tempo de vida? A deixaria no hospital sendo cuidada e viver mais alguns meses sem aproveitá-los ou a roubaria por um dia e realizaria TODOS seus sonhos? Mesmo sabendo do risco de vê-la só por aquela noite. A resposta pode ser fácil por quem nunca sofreu isso,parece ser fácil para quem vê de longe, acontece que não é !
Meu nome é Luan, eu fiquei sabendo que minha melhor amiga Bruna, sofria de leucemia, de inicio sofri muito. muito mesmo, mas vocês vão entender melhor se acompanharem minha historia.

CAPITULO 1
' Meu celular despertou,era 6:20. Como sempre levantei fui no banheiro, tomei aquele banho, e terminei de me arrumar. Olhei no relógio, 6:50 , estava um pouco atrasado por isso corri, desci as escadas, peguei um pacote de Dorittos enfiei na bolsa, peguei a moto e fui para a casa da Bruna.
Bati na porta por um longo tempo, insisti , ninguém abriu, ela não me avisara que ia viajar,me preocupei,mas depois desisti e fui para a escola. Perguntei para as meninas sobre a Bruna, elas não sabiam,achava que viria comigo, então sorri e agradeci.
Assisti as cinco aulas,meio inquieto,pensando onde ela poderia estar. No sexto horário não aguentei fui embora, passei na casa da Bruna e ela já estava la.
- Nuna ! ( abri um sorrisão e a abracei )
- Lu ! ( ela sorriu )
- O que houve? fiquei preocupado?
- Ai desculpa Lu, não deu tempo de te avisar,minha tia faleceu hoje, fomos ao velório, me desculpe.
- Não, tudo bem, mas como você tá?
- To indo né? Mas não posso ficar muito tempo,minha mãe esta abalada, preciso ser mais forte para apoia-la.
- Amanha você vai na escola?
- Vou sim, você passa aqui?
- Claro !
Subi na moto,arrancando, cheguei em casa e chamei minha mãe.
- Véinha, abre aqui por favor !
- Véinha, me respeite filho.
- KKKKKKKKKK, ( eu dei um abraço carinhoso nela e entrei ) to com um fome de LEÃO.
- O almoço já ta pronto, seu pai já deve estar chegando, mas pode almoçar.
- Eu espero ..

Ia roubar uma carne com a mão da panela, mas o olhar de minha mãe me impediu,eu apenar ri e fui pro quarto jogar video game. Com uns 10 minutos meu pai chegou almoçamos, e de tarde fui na casa da Bruna para ve se ela estava melhor.
Bati na porta, logo ela abriu para mim.
- Oi Lu, entra !
- Eu vim ver como vc estava ..
- To melhor, pelo menos estou tentanto isso, ( ela sorriu de lado )
- Eu touxe os assuntos da prova,mas acho melhor a gente dar uma saidinha,não quero te ver assim,topa um Milk shake?
- Topo MUITO.
Peguei ela no colo e sai correndo em direção a moto, QUASE caimos, isso gerou muitas risadas, minha e dela .
- O capacete ..
- Obrigada senhor educação ..
- Ironica até nessa horas ? kkkkkkkkkkk
Chegando no shake, percebi que a Bruna estava mais branca,suava ..
- Voce ta bem Nana ?
- Estou Lu, porque?
- Nada, rs, eu quero o GG, ovo maltine , e voce?
- Morango.
- Vou la pedir ..
Nós conversamos muito naquele dia,rimos, tomamos mais milk shake. Mas a Bruna não estava bem ..
- E voce? Vai pedir a Laura em namoro?
- Acho que sim, eu curto ela, vejo pró não ..
- Mas voce não deveria ama-la ?
- Ah Nana, se não der certo não deu, eu termino ..
- Homens, homens.
- Vou pagar a conta ..
- Eu espero
Nos começamos a andar, e vi a Bruna caindo lentamente, achei que tinha tropeçado,mas não ela estava muito branca, entrei em desespero,gritei ajuda. E a levei em um hospital com um cara que nunca tinha visto.
Sabe aquelas cenas de filme que o povo fica nervoso com uma noticia? PQP, era eu, eu sentava,levantava,ia de um lado para o outro,andava,andava,bebia agua,agua,agua,agua,banheiro. O que tinha acontecido? O que sera que houve?
Liguei para a mãe da Bruna,Alice,ela chegou logo.
- O que houve?
- Eu-eu não sei tia, e-la desmaiou e e eu não sei mais o que fazer..
- Calma Luan,não deve ser nada! Pare de andar ok? Voce vai cavar um buraco.
Eu sabia que não seria nada grave,mas estava nervoso sozinho.Quando a mãe da Bruna chegou,fiquei bem mais calmo. O médico a chamou , e disse que eu podia ver a Bruna. E eu corri até o quarto.
- Nuna ? toc toc
- Ei Lu ..
' Ela estava deitada.
- O que houve? Porque não me falou que não estava bem? an?
- Eu tenho que te contar agora Lu, porque depois eu não vou ter mais coragem ..
- Contar? Contar o que ?
' Ela começou a chorar,e chorar, eu tava meio que deseperado,não entendia o porque daquilo,meu coração doía, boas noticas não eram.
- Senta ..
unão gostava de quando ela me mandava sentar. Sentei, enguli a seco. Parei para ouvi-la ..

CAPITULO 2

- Lu, ontem eu não fui a aula ..
- Sim isso eu sei, sua tia morreu ..
- Na verdade minha tia não morreu ..
- OQUE? NÃO FAZ SENTIDO, voce me disse isso ..
- Eu menti, queria te poupar da verdade.
' Eu desci escorregando da cadeira, botei a mão na cabeça, zilhões de coisas passaram em minha cabeça, meu olhos lacrimejavam..
- Qual é a verdade Lu?
- Então .. ( ela dizia mais calma ) , ontem eu passei muito mau, como venho passando a um ano e meio, sempre arrumo desculpas para voce .. Mas não sei se caso venha a acontecer de novo, eu estaja aqui para te dar desculpas ..
- Como assim? Desculpas ?
- Minha tia não morreu, minha mãe não viajou,meu pai não me esqueceu sem chave dentro de casa ..
- Então porque voce matava tanta aula? Porque mentia pra mim? Porque diz isso como se fosse morrer ..
- Por que estamos chegando na verdade.
Meu mundo caiu. Lagrimas escorriam dos meus olhos,tentava ser forte,mas parecia que nada adiantava.
- Continue ..
- Eu tenho leucemia, a dois anos, mas vim descobri a um ano e meio ..
Minha boca abriu,fiquei sem reação, chorava feito criança, não consegui dizer nada,nada .. Meu coração batia acelerado.. Porque com ela? Meu Deus, porque? Como algo tão ruim poderia acontecer com alguem como ela? Não entendia,não entendia MESMO.
- Eu tenho que ir, eu não sei o que fazer, tenho que pensar ..
- Eu imaginei que isso um dia fosse acontecer, eu espero que voce me perdoe ..
Eu sai correndo no hospital, desesperado chorando,pensando que iria acordar e ve que foi apenas um pesadelo.
A mãe da Bruna me gritou, mas eu não quis ouvir.Corria sem parar, parei no Milk shake, peguei a minha moto, e acelerei, sem medo de morrer, o que estava acontencendo? porque estava acontecendo? parei na praia .. Olhava fixamente o mar .. Veio os flashback ..
5 meses atrás , na mesma praia
- Lu, o que voce faria se eu morresse ?
- Morreria junto ..
- Se isso uma dia acontecer .. me promete ser feliz ? E que não vai ficar triste por mim ? e sim, feliz por eu estar em um lugar melhor?
- PROMETO, mas me promete que não vai falar disso ? Que só de pensar ja me da arrepio ?
- ( ela riu ) Quero te ouvir cantar .. Voce é o melhor que eu conheço
' Realmente eu era bom nisso,tinha que adimitir .. Peguei o violão e comecei;
- Meus pés não tocam mais o chão , meus olhos não veem a minha direção,da minha boca saem coisas sem sentido ..
- Voce era o meu farol .. ( ela continuou )
- E hoje estou perdido ..
Parei em meus pensamentos quando uma criança gritou no mar
- sooooooocorro , socorro !
Sai correndo para salva-la, entrei no mar e nadei o mais rapido possivel, tirei o menino da agua, e os pais dele vinheram correndo atrás ..
- Meu filho,meu filho .. Obrigada ( choro )
- Não, tudo bem ..
' Quando eu estava saindo,o menino, que aparentava uns oito anos me disse ..
- Obrigada, eu espero que voce ajude as pessoas a viver ,como me ajudou hoje !
' Parecia sabias palavras para alguem tão novo, sabias palavras que eu usaria.
' Eu fui para casa, tirei a agua salgada do corpo, esfriei a cabeça, conversei com minha mãe .. e decidi NÃO IMPORTA O QUE ACONTECER , eu VOU estar com a BRUNA ! Me arrumei,e voltei pro hospital .. Quando eu cheguei la e me informei me disseram que ela tinha sido transferida para a CTI, segurei o choro, eu TINHA que ser forte.
Eu vi a mãe da Bruna .. Eu estava meio envergonhado,pelo fato anterior,mas pelo olhar dela vi que ela me entendia ..
- Como ela esta?
- Piorou um pouco ..
Eu fixei o olhar no chão,
- culpa minha ?
- Não,não Luan, não pense nisso, ela ja convive com a doença a um tempo, isso ja aconteceu antes,ela vai melhorar esta bem?
Ela passou a mão em meu rosto, ergueu minha cabeça, não podia esconder a minha dor,meu coração aperto mandava sinais em forma de lagrimas ..

- Posso ir ve-la?
- Claro, mas ela esta meia dopada , não sei se vai te responder ..
- Tudo bem, mas ela tem que ver que eu estarei SEMPRE, ao lado dela.
A Alice me abraçou muito forte,me agradeceu por tudo e disse que a filha dela tem um anjo,e esse anjo sou eu.

CAPITULO 3

Bati na porta sorrindo ..
- tooooooc toc
- Luan ?
- Quem seria ? A xuxa ?
- ( ela riu ) Me descul..
- Nada disso :) , só te perdoo se voce fizer algo ..
- Fazer o que?
- Me da um abraço, o melhor abraço do mundo, o unico, o que só voce TEM para dar ..
' Ela começou a chorar ..
- Ah , e se voce parar de chorar também ..
' Eu a abracei, o perfume dela não era outro .. Eggeo dolce
- Trouxe um presentinho ..
- Presente? ( ela olhou curiosa )
- Isso, um presente :D
' Eu sai da sala, trouxe um album ..
- O que é isso ?
- A nosso historia :)
- Posso ver ?
- Claro, é seu agora .. Eu venho guardando a um tempo, mas acho melhor ficar com voce ..
' A primeira foto era eu e ela, os dois peladinhos, na piscina com 8 anos de idade .. embaixo tinha .. '' Eu tinha apenas 8 anos quando nós nos conhecemos la na rua da minha casa, a gente brincava e aprontava '' . As outras fotos eram de festas,aniversarios .. e de uma fazenda ..
Fazenda, a 1 ano atrás
- Luan, sai desse cavalo, ele é BRAVO! Não faz isso comigo Lu .
- Besteira Nana, cavalo não tem nada comigo não sou fera ..
O resultado disso, foi um mes no hospital,ela não me deixou um segundo,sempre ao meu lado, sempre ao meu lado ..
Ela chorava
- Gostou ?
- É lindo .. N-ão , sei o que dizer ..
- Não diga ..
( silencio ) Quando voce vai ter alta ?
- Não sei, eu piorei .. Hoje perdi muito sangue .. Amanha, eu volto a fazer quimioterapia .. Ou seja, vou ficar muito tempo só vomitando -.-
- Eu poderia rir ?
- NÃO , é nojento, e eu não te quero aqui amanha ..
- Poís voce vai me aguentar todos os dias e noites aqui ..
- Eu vou raspar a cabeça amanha ..
- Sério ? Eu vou fazer o mesmo amanha .. Sera que combinamos ..
Ela me abraçou .. O médico chegou na hora ..
- Horario de visitas acabou Luan ..
- Tudo bem, ja estou saindo ..
Dei um beijo na testa da Bruna e fui embora.
' A noite eu durmi muito bem, poderia ser egoismo meu,mas estava realmente MUITO cansado .. No outro dia na escola, todo mundo ja sabia, acho que eles ficaram sabendo até primeiro que eu , mas escondia isso ..
Eu estava sentado na cantina junto com uns amigos quando a Laura chegou ..
- Amor ?
- Laura, ( dei um selinho rapido ) me desculpe por sumir assim, tem sido dificil ..
- Eu imagino .. Eu quero visita-la ..
- Hoje a tarde umas 15:30 eu passo para te buscar, a gente a visita,e depois saimos, o que acha ?
- Perfeito ..
O sinal bateu, fiquei assitindo a aula que perdi, e logo depois fui para casa .. Liguei para a Alice, Bruna não tinha começado a quimio ainda, fui no salão, raspei a cabeça .. Fiquei estranho, mas pela Nana, TUDO valia a pena.
Cheguei em casa tomei um banho para tirar os fios de cabelo do corpo, me arrumei, e fui buscar a Laura. Na casa dela, ela estava só .. Bati na porta, ela estava linda .. Comecei beija-la, fechei a porta .. Ela tirou minha blusa .. e sim ACONTECEU. Foi tudo muito bom, mas eu tinha que ir .. Acho que a Laura ficou chateada,por que depois que acabou eu quis ir embora,mas apesar de ter esquecido por um tempo o hospital, eu deveria voltar ..
No hospital acompanhei a quimio, ela passou muito mal,chorou na hora de perder os cabelos, mas estava feliz por que eu estava la .

CAPITULO 4

Eu estava no quarto com a Bruna, um sorriso escapou da minha boca ..
- O que houve? Sei que esta feliz ..
- Eu .. ( risinho safado )
- Voce ?
- Bom, aconteceu o que tinha que acontecer comigo e com a Laura ..
- Quer dizer que ? MINHA NOSSA
- É, foi otimo cara, o melhor de toda minha vida ..
- Se previniu ?
- Não .. mas ela disse que não esta no periodo fertil, então ta de boa ..
- VOCE É LOUCO ! Sabe que deve se previnir ..
- Eu sei, eu sei, não vai acontecer de novo ..
Ela parecia desapontada,mas disfarçou logo depois.
- Voce vai pedi-la em namoro?
- Acho que depois do que rolou entre a gente, vou pedir sim .. Tem quimica, poem quimica
Ela jogou um travesseiro em minha cara, e começamos a rir ..
- Eu vou ter alta .. tive uma melhora GRANDE
- Ai que bom Nuna, to tão feliz com isso *-*
- É, só que vou ficar em casa, de repouso por um tempo, e depois volto a ativa ..
- AH, mas só de sair daqui é um progresso ..
Meu celular toca ..
- Espera ai nuna ..
- Alô ? aan , Laura ? Claro amor .. Umas 21h ? aham .. tudo bem , eu vou !
Desligo o cel
- Era a Laura, quer sair comigo, vou aproveitar o momento para pedi-la em namoro ..
- Acho melhor voce ir logo, ja são 19h .. O transito não ajuda ..
- Eu vou, e amanha cedo, eu volto, quero chegar com vooce em sua casa ...
' Abraço FORTE.

' Chegando em casa, ainda estava cedo para eu arrumar .. Peguei minha coisas da escola para fazer .. trabalhos, estudar para prova, coisas que tinha acumulado, estudei feito um doido , adiantei tudo, estava LIVRE da escola agora .. Com isso tudo ainda eram 20h .. Ai sim fui tomar banho .. Passei cremes,perfume, vesti uma roupa legal .. Pedi o carro pro meu pai e fui ..
Passei buzinando na casa da Laura, ela veio rapido.
Desci do carro e abri a porta para ela .. No carro eu a beijei, rolou uns amassos, mas nada a mais que isso .. Chegando no lugar a gente convesou muito, falei da Bruna, que ela tava melhor e tal, falei da escola, ela falou dela também .. E eu mudei o assunto ..
- Laura, voce sabe que eu to amarradão em voce, tem algum tempo né? Tipo, no inicio eu não vou mentir, achei que ia ser mais uma brincadeira, nada demais .. Mas o que rolou hoje, acho que é uma prova de que nossa relação deve andar ..
Eu me levantei, tirei uma caixinha de anel do bolso ..
- Eu gosto de ficar ao seu lado, gosto de andar com voce, e é isso que eu quero fazer por muito e muito tempo ..
Comecei a abrir a caixinha, olhei fixamente em seus olhos ..
- Independente da sua resposta, eu quero dizer que estou feliz, e que eu não vou desistir de voce !
Peguei sua mão, comecei colocar o anel ..
- Laura, voce aceita namorar comigo?
Ela me olhou por um tempo, não conseguia imaginar o que passava pela sua cabeça, parecia surpresa, isso é fato. Com pouco tempo a sua expressão mudou,um lindo sorriso saiu de sua boca.
- EU ACEITO !

Eu a abracei e beijei. Continuamos ali por um bom tempo, conversamos, rimos, comemos. Nos ultimos tempos eu não me divertia muito .. Mas a Laura estava do meu lado, e mesmo com tudo acontecendo o tempo passava rapido .. Quando terminamos a sobremesa pedi a conta, paguei e saimos . Saimos com o carro, parei em frente a casa dela, passamos algum tempo em silencio .. tudo estava bom. A beijei e me despedi.
- Tchau Laura ..
- Beijos , Lu
Fiquei a olhando entrar em casa,quando ela trancou a porta eu arranquei. Cheguei em casa umas 2h da manha. Estava cansado e durmi.
No outro dia acordei tarde demais, perdi a noção do tempo, fui voando para o hospital,mas infelizmente a Bruna não estava mais la.

CAPITULO 5

A recepcionista disse que Bruna ja tinha saido, então fui para a casa dela. No caminho comprei flores e chocolate. Quando cheguei na casa da Bruna, não havia ninguem la. O que realmente me desesperou. Insisti em tocar .. bati,bati,bati .. NADA. Voltei para o hospital, tentei me informar melhor..
- Uma paciente, eer .. Bruna Alencar .. 17 anos, morena, olhos claros ..
- Vou checar na lista, aguarde.
Cada minuto esperando uma noticia parecia anos, por que demoravam tanto para achar o nome de um paciente ?
- A, me desculpe, ela foi transferida para outro hospital,se eu não me engano o hospital é de Belo Horizonte ..
- O QUE ? mas não é possivel .. Ela ia ter alta hoje ..
- Infelizmente pacientes com leucemia correm esse risco, um dia ta bem e outro nao,parece que ela teve uma hemorragia, o estado se agravou.
Não, não é possivel, eu senti no chão do hospital, botei a mão na cabeça, comecei chorar,chorar, me desesperei. Levantei do chão e corri. Liguei no celular da Alice, ela estava chorando, perguntei sobre a Bruna, ela disse que não tinha mais certeza se dessa vez ela melhoraria.. Ia ficar la em Belo Horizonte por um tempo, caso ela melhorasse voltaria para o hospital de sua cidade.
Eu não podia viajar, estava em semana de prova, provas dificeis, todo dia ligava para a Alice, passava uma semana, duas semanas, não aguentava mais a dor de ter a Bruna longe de mim .. A Laura estava comigo a todo tempo, mas a Laura não era a Bruna. PONTO.
A Laura não era a Bruna
A Laura não era a Bruna
A Laura não era a Bruna
A Laura não era a Bruna
COMO NÃO PERCEBI AQUILO ANTES ? Por que foi tão dificil ve que entre a Bruna e eu o sentimento não era só de amizade, era de amor. Meu coração batia forte, forte, forte. Minha mente turbilhava de pensamentos e sentimentos. Foi ai que eu deixei tudo para lá, disse a Laura que iria visitar a Bruna, eu tinha que ve-la.. Falei com meus pais , perdi as provas, as aulas , o vestibular , nada me importava,se com quem eu mais me importo não tivesse ali ..
Eu passei na casa da Laura para me despedir, falei que ia ficar um tempo em Belo Horizonte ..
- Eu tenho que ir ..
- Tudo bem .. eu vou estar te esperando ..
Ela me beijou, um beijo muito romantico, me confundiu mais ainda .. Eu a abracei e fui embora.
Tive que ir de onibus para la, de moto e carro a policia poderia me pegar .. Chegando em Belo Horizonte me informei do hospital onde ela estava e fui. No hospital Alice me esperava na porta. Eu a abracei, ela chorava muito e muito. Era a terceira semana delas ali, nós damos uma saidinha, ela me contou sobre a Bruna.
- Fizemos transplante, mas seu corpo rejeitou .. Eu não sei mais o que fazer ..
- Quando tempo nós temos ?
- Eu não sei ( ela chorava ) ..
- Eu tenho que ve-la .. Eu preciso de um tempo ..
Cheguei no hospital, ela estava deitada .. Dormia. Sentei na cadeira do lado, fiz barulho, ela despertou ..
- Luan ? O que ?
- Faço aqui ? ( soltei um riso forçado ) Vim ver voce, não aguentava mais ficar longe de voce ..
- Até parece ..
- Posso te abraçar ?
- Poode ..
Eu a abracei, não queria solta-la .. Queria aquele abraço eterno. Ela saiu.
- Minha mãe ja deve ter te contado ..
Eu não aguentei mais aquele sufoco, comecei chorar muito alto ..
- Contou .. e EU NÃO SEI o que fazer cara, ( soluços ) EU QUERO VOCE, pra mim , pra SEMPRE..
- Mas eu vou estar com voce, SEMPRE ..
- AAH PARA BRUNA, voce não ta vendo ? Eu to um lixo, não aguento mais te ver assim e não pode fazer nada, ve assim e fingir que tudo vai da certo, POR QUE NÃO TA DANDO ..
Ela me olhava sem reação, eu também estava chocado com o que eu dizia, meu Deus, o que eu disse ?
- Me desculpe Nana, me desculpe ( eu continuava a chorar )
- Tudo bem .. esta sendo dificil pra mim também ..
Um silencio dominou o lugar ..
- Voce vai fazer um favor para mim ..
- Que tipo de favor ?
- Eu não quero morrer aqui, assim .. Quero aproveitar ..
- Mas voce não pode sair daqui, voce pode piorar ..
- Pior do que eu estou não da ..
- O que voce quer que eu faça ?
- Me leve na praia ..
Eu levantei da cadeira ..
- PRAIA ?!? voce pirou ? Se eu te tirar daqui sua mãe ja me mata, e ainda te tirar da cidade, do estado ? ESTAMOS EM BELO HORIZONTE ..
- Se a gente for de avião para o Rio, é rapidinho ..
Minha boca caiu, não conseguia acreditar no que a bruna me pedia.
- Sem cogitação, eu não vou ser cumplice do seu suicidio ..
- É só por um dia .. não seja mau, sabe como é RUIM TER QUE FICAR AQUI ?
- MINHA NOSSA, MINHA NOSSA ,MINHA NOSSA .. voce não ta brincando ? ta falando sério, aaaaaaaaaaaaaaaaah
- é, eu quero .. por favor , é o meu ultimo pedido ..
- Mas e se ..
- Se algo acontecer, foi da maneira mais feliz ..
- Tudo bem ..
- Eu quero ir para a praia, quero que voce cante .. Como nunca cantou antes .. Leva o violão ..
- Não to acreditando nisso ..
- E antes que eu me esqueça ..
Ela pegou uma bolsa e me deu ..
- O que é isso ?
- O dinheiro das passagens .. To guardando ela a um tempo ..
Eu peguei ..
- Agora vá, se voce não percebeu ainda, não tenho a vida toda ..
Limpei as lagrimas .. Sai do quarto pensando na loucura que eu ia fazer, e se eu fosse maior de idade , SERIA PRESO .. Mas era pela Bruna, era pela Bruna .. Fui no aeroporto, comprei as passagens para o Rio de Janeiro .. A Bruna ja tinha planejado tudo, a Alice ia passar o dia na casa da irmã dela, não estaria la o dia todo, não presenciaria a filha dela sendo 'sequestrada' .. As 4:30 , eu consegui tirar a Bruna do hospital,embarcamos , e logo chegamos ao Rio ..
Fomos para a praia, não tinhamos muito tempo .. Entrei no mar com a Bruna no colo, as ondas batiam na gente .. a prima essa exageradamente linda,
- '' Quando eu ja não existir, me procure no mar .. poís eu serei as ondas que virão ao teu encontro..para dizer; Sempre vou te amar .. ''
Meus olhos se embaçaram em meio a tantas lagrimas, pisquei, sorri .. Sai do mar, coloquei ela sentada em cima de uma toalha .. peguei o violão, comecei tocar e cantar ..
- Estava satisfeito só em ser teu amigo.
Mas o que será, que aconteceu comigo?
Aonde foi que eu errei?
Às vezes me pergunto se eu não entendi errado.
Grande amizade com estar apaixonado.
Se for só isso logo vai passar.
Mas quando toca o telefone, será você?.
O que eu estiver fazendo eu paro de fazer.
E se fica muito tempo sem me ligar.
Arranjo uma desculpa pra te procurar.
Que tolo, mas eu não consigo evitar.

Eu não consegui mais tocar , parei, chorei , olhei para ela .. Coloquei o violão na terra, a abracei .. Beijei seu rosto .. Comecei cantar baixinho ..
- Porque eu só vivo pensando em você. É sem querer, você não sai da minha cabeça mais. .
Olhei em seus olhos ..
- Por que foi tão dificil perceber que te amo ? Que meu amor por voce é maior que qualquer outro sentimento ? por que agora que não da pra aproveitar ? por que não antes?
Lagrimas escorriam nos olhos dela .. Passei a mão em seu rosto .. Dessa vez ela cantou;
- Por onde quer que eu vá, vou te levar pra sempre.
A culpa não foi sua.
Os caminhos não são tão simples, mas eu vou seguir...
Viajo em pensamento, numa estrada de ilusões
que eu procuro dentro do meu coração. .

Nos cantamos juntos..
- Toda vez que fecho os olhos é pra te encontrar.
A distância entre nós não pode separar
o que eu sinto por você, não vai passar.
1 minuto é muito pouco pra poder falar.
A distância entre nós não pode separar.
E no final... Eu sei que vai voltar..


CAPITULO 6

Eu parei de cantar, ela também.Eu a beijei.E esse foi o melhor dia de minha vida.
- E no final... Eu sei que vai voltar ♪ .. Eu sei que voce vai voltar para mim .. Mas como ?
Ela riu ..
- Pelas ondas da praia, voce vai ouvir minha voz ..
Eu fiz que sim com a cabeça .. Tinhamos que ir embora .. A peguei no colo, coloquei ela no carro e fomos para o aeroporto, ela parecia bem, fomos nos beijando no avião, estava tudo otimo, até chegarmos lá .
No hospital :
- SEU IRRESPONSAVEL VOCE SABE COMO ELA ESTA, RIDICULO, COMO FAZ ISSO ? SE ALGO DE RUIM ACONTECER .. VOCE SABE QUE ACULPA VAI SER SUA NÉ ?
- ELA PRECISAVA DISSO ! ELA ME PEDIU , ELA QUERIA FAZER ISSO, EU TINHA QUE FAZER POR ELA ..
- SAIA DO HOSPITAL ..
- NÃO VOU SAIR, ENTENDA , SUA FILHA PASSOU DOIS ANOS EM UM HOSPITAL, ELA NÃO PODE MORRER FELIZ ?
- ELA NÃO PODE É MORRER, É ISSO QUE VOCE QUER QUE ELA MORRA .. ?
Um alarme do hospital começou a tocar, muitos médicos começaram a entrar no quarto onde a Bruna estava .. Esse foi o final da discussão.

CAPITULO 7

Fiquei um mes com a Bruna naquele hospital, a mãe da Bruna entendeu o que fiz,me pediu desculpas, Bruna se foi, virou uma estrelinha, virou me anjinho .. Quando voltei para minha cidade, metade de mim não estava comigo,estava no céu, foi doloroso, MUITO doloroso,não tinha graça sem ela, mas eu havia prometido que não ficaria assim, é promessa era divida para a Bruna. Decidi terminar com Laura, a convidei para ir a praia comigo, terminaria com ela ali, parecia um lugar estranho para se terminar um namoro,mas queria forças para isso, e as ondas me dariam essa força ..
Eu estava sentado na areia esperando a Laura .. eu lembrava da frase que Bruna cita-ra para mim ..
'' Quando eu ja não existir,meu procure no mar, poís eu serei as ondas que virão ao teu encontro para dizer sempre vou te amar ''
Eu ouvia a música 1 minuto , não podia deixar de ter boas lembranças de Bruna, a morte é o inicio de uma nova vida, a Bruna estava em um lugar MUITO especial, em um lugar melhor do o meu. Senti um leve toque em meu ombro .. Eu me virei, e levantei .. Era a Laura, ela estava mais linda, com um brilho maior nos olhos .. De alguma forma me lembrava a Bruna .. Eu a abracei ..
- Preciso falar com voce Laura ..
- Eu também preciso falar com voce Luan, e é sério ..
- Estou ouvindo ..
- Quando voce foi para Belo-Horizonte, eu passei mau, enjooei muito,vomitei .. Eu lembrei de um dia .. que nós tranzamos sem camisinha ... e fiz o teste .. deu positivo .. eu estou com 3 meses Luan .. GRAVIDA .. de uma menina ..
E no final... Eu sei que vai voltar ♪ ..
O nome da minha filha ? Bruna. Meu anjo voltou para mim da melhor forma. A Laura era sim a mulher da minha vida. Tudo que vivi com a Bruna foi lindo,intenso .. Mas era algo mais forte que o amor, era realmente AMIZADE. Eu percebi isso quando amei de verdade a Laura.
FIM.

Toda vez que fecho os olhos é pra te encontrar.
A distância entre nós não pode separar
O que eu sinto por você, não vai passar.
1 minuto é muito pouco pra poder falar.
A distância entre nós não pode separar.
E no final...
Eu sei que vai voltar. Ohh ohh... Eu sei que vai voltar! ♪

3 comentários:

  1. mt peerfeito , triste maais perfeeito de maais umaa linda históriaa (:

    ResponderExcluir