Páginas

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Estava cansada de promessas, cansada de acreditar no para sempre, porque eu não conseguia fazer meu coração entender que nada é eterno! Eu tentava convencer a mim mesma que o tempo não mudaria nada, que a distância não iria conseguir interferir (…) Mas eu estava errada, e no fundo eu sempre sabia disso. Muita coisa muda, as pessoas entram e saem das nossas vidas, e não temos controle nenhum sobre isso, é essa a realidade e não somos capazes de muda-la. A unica coisa que podemos fazer é aproveitar ao maximo os momentos que passamos ao lado de pessoas especias, para quando elas se forem, so deixarem boas lembranças. Tento ao maximo me convencer que sempre será assim, eternas idas e vindas. Por isso tento não me apegar tanto a alguem, porque sei que quando ela partir deixará um buraco vazio que eu nunca vou ser capaz de preencher. Eu procuro convencer meu coração que nada é eterno, que tudo é passageiro. Que o tempo só cumpre o seu papel, de levar embora aquilo que não nos servirá mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário